“Bíblia fala de gênero”, diz Benedita da Silva; Pastor rebate: “Tradução na linguagem petista”

Benedita da Silva (PT-RJ), deputada federal, demonstrou mais uma vez seu comprometimento com a agenda de esquerda e declarou que a postura de oposição dos evangélicos conservadores à ideologia de gênero é “retrocesso”, pois segundo ela, “a Bíblia fala de gênero”.

A declaração foi dada em um contexto de crítica à ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que tem postura frontalmente contrária à agenda progressista adotada pelos governos petistas dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

“Não há avanço. Há retrocesso. Inventaram de combater uma tal de ideologia de gênero, que até hoje eu não sei o que é. Eu sou evangélica e a Bíblia fala de gênero. A palavra era essa. Nós, mulheres, temos grandes conquistas, até mesmo na igreja. Esse mundo é das mulheres. Nós vamos chegar lá. Mas vamos encontrar resistências também, né? Os homens se sentem ameaçados porque eles sempre estiveram no comando”, declarou a parlamentar.

A entrevista concedida por Benedita da Silva ao jornal O Estado de S. Paulo repercutiu no meio evangélico. Os pastores Silas Malafaia e Marco Feliciano (PODE-SP) rebateram as declarações da parlamentar usando o Twitter.

“BENEDITA! PARE DE FALAR ASNEIRA! No Estadão ela diz que a Bíblia fala de gênero. ABSURDO! A Bíblia fala de macho e fêmea, um foi feito para o outro, ñ fala de bissexuais ou andróginos. Gênero masculino e feminino, só na gramática. Sexo masc e fem cientificamente comprovado”, escreveu o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).

Em seguida, Malafaia acrescentou situações relacionadas ao comportamento humano: “APRENDE BENEDITA! O ser humano foi feito para fumar? NÃO! Mas fuma. Foi feito para cheirar cocaína? NÃO! Mas cheira. Foi feito para ser bi ou homossexual? NÃO! Mas é. PORQUE? Tem o livre arbítrio e o poder do pecado para contrariar a sua própria natureza. MACHO E FÊMEA”.

Feliciano resolveu fazer troça da declaração da colega de Parlamento: “O @estadao
entrevista @dasilvabenedita a qual diz ‘Sou evangélica e a Bíblia fala de gênero’. Sou teólogo e pastor, prego a Palavra mundo afora há quase 30 anos, e confesso que nunca li isso no Livro. A deputada deve ler a versão ‘Nova Tradução na Linguagem Petista’. Vergonha!”, resumiu.

BENEDITA ! PARE DE FALAR ASNEIRA ! No estadão ela diz que a Bíblia fala de gênero. ABSURDO ! A Bíblia fala de macho e fêmea, um foi feito para o outro, ñ fala de bissexuais ou andróginos. Gênero masculino e feminino, só na gramática. Sexo masc e fem cientificamente comprovado.

1.594 pessoas estão falando sobre isso

APRENDE BENEDITA ! O ser humano foi feito para fumar ? NÃO ! Mas fuma. Foi feito para cheirar cocaína? NÃO ! Mas cheira.Foi feito para ser Bi ou homossexual ? NÃO ! Mas é. PORQUE? Tem o livre arbítrio e o poder do pecado para contrariar a sua própria natureza. MACHO E FÊMEA

821 pessoas estão falando sobre isso

O @Estadao entrevista @dasilvabenedita a qual diz “Sou evangélica e a Bíblia fala de gênero”. Sou teólogo e pastor, prego a Palavra mundo afora há quase 30 anos, e confesso que nunca li isso no Livro. A deputada deve ler a versão “Nova Tradução na Linguagem Petista”. Vergonha!

Ver imagem no Twitter
148 pessoas estão falando sobre isso

Radicalismo

As críticas de Malafaia à postura de Benedita da Silva – que sempre prioriza sua ideologia política aos princípios bíblicos – não é nova. Em junho de 2017, a deputada declarou-se a favor da luta armada para imposição da ideologia de esquerda distorcendo uma passagem bíblica para reforçar seu ponto de vista.

Durante o seminário “Estado de Direito ou Estado de Exceção?”, organizado pela Fundação Perseu Abramo (ligada ao PT), Benedita da Silva disse que o Brasil atravessava um momento de “golpe”, em referência à cassação do mandato de Dilma Rousseff (PT): “Quem sabe faz a hora e faz a luta. A gente sabe disso e na minha Bíblia está escrito que sem derramamento de sangue não haverá redenção. Vamos à luta com quaisquer que sejam as armas”, bradou.

“O que essa mulher fez, usou um texto da Bíblia, que está em Hebreus 9:22, que fala acerca de Cristo – a Bíblia diz que sem derramamento de sangue não há remissão de pecado. Jesus não mandou derramar sangue de ninguém, não. Ele derramou o seu por nós. Ainda usa a Bíblia para uma aberração dessas”, protestou o pastor. “O que essa mulher está propondo é o que o radicalismo islâmico propõe. ‘Tem que derramar sangue de infiéis’. […] Uma deputada dentro do Brasil prega derramamento de sangue e ninguém fala nada, faz nada. [Ela] tinha que ser cassada. Isso é uma afronta, isso é um absurdo”.

“Imagina se um cara da direita falasse isso… OAB ia se manifestar, Ministério Público, imprensa, iam cair de pau. Que vergonha. Que moral temos nós para falar do radicalismo islâmico, quando uma deputada, na maior cara de pau, prega o derramamento de sangue?”, finalizou, indignado.

Compartilhe!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo de carater ofensivo, por favor denuncie.

Comentários (0)


Deixe um comentário