Até agora, 296 bebês por nascer foram salvos durante a campanha de 40 dias pela vida

Quase 300 mulheres optaram por não fazer um aborto graças ao trabalho de voluntárias do 40 Days for Life, a campanha anual que envolve oração, jejum e vigília pacífica fora das clínicas de aborto. 

Até domingo, 296 bebês por nascer haviam sido salvos do aborto, de acordo com o blog 40 Days for Life . 

A campanha começou no dia 25 de setembro e vai até o dia 3 de novembro. É o maior de todos os 40 dias da vida, com voluntários participando de 505 cidades e 30 países.

O blog 40 Days for Life relata histórias cheias de esperança da campanha. 

Em Portland, Oregon, uma mãe que já teve dois filhos, com idades entre 9 e 11 anos, viajou para a clínica de aborto para terminar a gravidez.   

"Eu sabia que ela estava muito insegura sobre o que iria fazer", disse Carissa, uma voluntária do 40 Days for Life. "Eu me aproximei dela e disse que estávamos aqui por ela e a amamos ... tínhamos ajuda para ela e eu a dei um abraço."

A mãe aceitou os recursos de Carissa e saiu da clínica

"Por favor, mantenha os dois em oração", Carissa pediu.

Em Hollywood, na Flórida, o proprietário de uma casa adjacente à clínica de aborto é pró-vida e permite que os manifestantes usem sua propriedade. Isso também permite que os voluntários orem e observem as duas entradas da instalação. 

Compartilhe!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo de carater ofensivo, por favor denuncie.

Comentários (0)


Deixe um comentário